que tia!

não sou do género saudosista, não costumo olhar muito para trás, mas às vezes sabe bem 🙂 faz hoje 26 anos que, mais ou menos a esta hora, pude estrear-me no papel de tia! e não era uma tia qualquer, era uma verdadeira “tia” da linha de Cascais, porque faz hoje 26 anos que , em Oeiras, conheci o meu primeiro sobrinho! acho que saí de … Continue a ler que tia!

dia da superação I

hoje celebra-se internacionalmente o dia da mulher… para uma mulher europeia, de classe média, com educação de nível superior às vezes parece quase discriminatório….dia da mulher? porquê? e os outros? são todos dos homens? dizia eu às minhas filhas que um dia, talvez venhamos a ter o dia da pessoa, celebrando a diversidade de géneros, de estilos, de formas de vida, de formas físicas, de … Continue a ler dia da superação I

no te rindas….

A Saga da Maratona | episódio V*

era o que diziam os balões que a organização distribuía ao público da maratona de Sevilha….no te rindas!
não te rendas, não desistas, não te deixes abater, dizia eu a mim própria depois de perceber que o meu sonho de festejar 46 anos a correr a maratona não era mais do que isso….um sonho 😦 Continue a ler “no te rindas….”

se não os vences, junta-te a eles!

“A maior vitória é aquela que se alcança sem batalhas” (Sun Tzu, The art of War) este artigo não é sobre uma estratégia bélica, embora eu esteja no meio de uma guerra perdida…. este artigo é sobre a gripe sazonal e como ela tomou a minha família como refém da tosse, da dor de garganta, da febre e de tantos outros sintomas 😛 eu bem tentei escapar, … Continue a ler se não os vences, junta-te a eles!

the final frontier

Publicado originalmente em a mãe acelerada:
tenho 45 anos… e como cresci nos anos 70, inevitavelmente, tenho que ser fã de ficção científica… Star Wars ou Star Trek? Se tem estrelas, parece-me bem 🙂 como fã, decorei a lenga-lenga (ups, desculpem) o juramento pelo qual todo o trekkie promete defender a federação e que começa com “Space, the final frontier…” pois, mas este é um blogue… Continue a ler the final frontier

correr, comer, beber…repetir!

esta seria a descrição de um dia perfeitamente bem perdido….mas, tal como o dia de Natal, se o repetíssemos muito, a emoção desvanecia-se e perdia-se um bocadinho do interesse… ok, não é verdade! só não corro todos os dias porque às vezes não tenho tempo e outras vezes chove; e como comer e beber são necessidades básicas, como e bebo,  e quando corro (quase todos os dias), tenho um … Continue a ler correr, comer, beber…repetir!