de regresso a casa

S. Miguel | Açores

depois de 9 dias e 8 noites de viagem, regressei a casa…

PicMonkey Collage


à casa onde moro (quase) 365 dias por ano, à que é em parte do banco* 😦 mas onde sou feliz com a família, onde amuo com a família 🙂 , onde recebo amigos com frequência, enfim, a casa onde VIVO…

mas este foi um regresso tipo Marty McFly**, porque quando voltei a esta casa estava, na realidade, a regressar ao meu futuro!

isto porque logo no primeiro dia de estadia na ilha de S. Miguel, no arquipélago dos Açores, percebi que o “regresso a casa” começava ali, no início das férias e não no fim, como é habitual…

afinal, lá diz o adágio popular, a nossa casa é onde está o nosso coração…e o meu coração está quase todo lá!

usando uma expressão micaelense para descrever as divisões da casa, descobri que ocupo quase todos os “quartos de sala”, “quartos de jantar” e quartos de cama” na casa onde vive o meu coração <3, na ilha de S. Miguel!

sem muito esforço, e em parte com a ajuda do “Dicionário Sentimental da Ilha de S. Miguel”*** foi gradualmente despertando um lado da minha alma micaelense que tem estado adormecida, tal como os vulcões da ilha!

e percebi que uma parte de mim nunca tinha ido embora daquele lugar…..

revisitei os lugares da minha infância  onde, provavelmente, nasceram muitas das minhas fantasias, manias e até alguns medos…

colagem1

por gentileza de uns amigos, provavelmente dos primeiros que fizemos ao chegar à ilha, estivemos instalados na casa vizinha à primeira casa que habitámos na ilha, mesmo ao lado da praia do Pópulo onde fiz tantos castelos de areia, engoli tantos pirulitos (golfinhos, diz-se por lá) e apanhei tantos escaldões

na Caloura lembrei as histórias dos piratas e a imagem do Ecce Homo, venerado Senhor Santo Cristo dos Milagres, que associo a muitas horas de caminhada, como escuteira, na procissão anual 🙂

colagem_caloura

nas Sete Cidades, recordei os dias mágicos passados na deliciosa casa de amigos muito queridos e nos acampamentos de escuteiros nos meus dias de “avezinha” e de “guia da AGP*****, onde fiz alguns dos meus melhores amigos 🙂

colagem2

e nas Furnas…lugar de grandes forças geológicas e intensidade emocional! entre as caldeiras, as bicas de água férrea, as quentes e as frias, lado a lado, sem se misturarem,o parque Terra Nostra, exlibris do lugar e mundo fantástico da minha infância, espécie de Nárnia, em que me pude viver aventuras sem fim, imaginar personagens místicas, sem nunca ter medo de me perder…

desconfio que as minhas filhas, apesar da chuva incessante que nos acompanhou ao longo da visita às Furnas, sentiram um bocadinho da magia do lugar 🙂

colagem furnas

a piscina termal foi, sem dúvida alguma, o ponto alto da visita e o que mais as divertiu 🙂 a sensação de conforto da água férrea quentinha no meio do ambiente requintado de um parque inglês que parece ter parado no tempo, algures no final do séc. XIX, é uma experiência única

e pelo caminho encontrei alguns amigos, daqueles que estranhamente, muitos anos depois ainda se lembram de nós, e ficam felizes por nos ver…encheram-me o coração de alegria 🙂

colagem tukatula

mas não foi só o coração que se ressentiu, também tratei do estômago, porque  me fiz cliente (semi) assídua do bar Tuká Tulá, não só para rever um amigo, mas porque a paisagem, o ambiente e a comida eram excelentes…ahhh, que belas lapas grelhadas 🙂

sem qualquer hesitação, lembrei-me que gostava de inhame, batata doce, morcela micaelense****, de massa de pimenta com queijo fresco, de milho em massaroca cozido nas caldeiras das Furnas, e dos bolos lêvedos da mesma localidade…uhmmmmm! sem esquecer a extraordinária e doce conteira 🙂

colagem comida

Ainda houve tempo para algumas experiências radicais 🙂 como a ir a banhos à piscina natural em Ferraria, onde a água salgada e fria do Atlântico se mistura com a água quente das furnas sub-aquáticas e onde o conforto do balançar das ondas se junta ao pânico de aceder ao local através de um caminho de lava “Aa”****** e de uma escorregadia escada de inox….nada que impedisse veraneantes de várias gerações de frequentar o local, que aliás é um excelente lugar para fazer novos amigos…sempre que as vagas enchem a piscina de água salgada, também nos enchemos de novos conhecidos que, literalmente, caem nos nossos braços, ou pernas, ou costas 🙂

colagem ferraria

E ainda levamos a cabo a descida (muito facilitada pelos degraus que agora lá existem) à margem da Lagoa do Fogo…uma aventura de tirar o fôlego 🙂

colagem lagoafogo

e, por fim, dei comigo a explicar às minhas filhas a importância do arquipélago no desenvolvimento das relações entre os dois lados do oceano Atlântico, e como este pequeno ponto no mapa mundi, era na realidade um caldeirão vivo em atividade vulcânica, mas sobretudo em atividade cultural!

e tal como o Marty Mcfly, nos seus muitos regressos ao passado/futuro, descobri muitas coisas novas numa ilha bem cuidada, preocupada pela conservação dos seus bens ambientais…lindo!

foi uma  incrível viagem no tempo, em que partilhámos memórias felizes de dias passados e a recordação de quem já só vive no espírito da família e dos bons amigos 🙂

p.s. – este artigo levou mais tempo a produzir do que a viagem em si por causa das quase 800 fotos que tirei e das quais tive que selecionar aquelas que acompanham o texto!

*a parte do banco é grande em área mas é pequenina em sentimentos e emoções 🙂
** personagem principal da saga “Back to the Future”
*** de Fátima Sequeira
**** ligeiramente doce e picante
***** Associação Guias de Portugal
****** Aa (do Havaiano a’â, que significa “pedregosa” ou também “queimar” ) é um dos três tipos básicos de escoadas lávicas. As lavas Aa são caracterizadas pela sua superfície irregular, solta, fragmentada, rugosa e serrilhada o que torna difícil caminhar sobre ela!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s